Rio de Janeiro: quando ir, onde ficar, com dicas de uma carioca

IMG_2075
Meio dia no verão do Rio de Janeiro

Falo no meu perfil que eu nasci no Rio de Janeiro, sou carioca e ainda moro nessa cidade (por enquanto). Por isso, sou apta a falar sobre a melhor época do Rio, qual bairro você vai curtir mais e algumas dicas que só quem vive na Cidade Maravilhosa pode.

IMG_0908
Uma manhã de sol no inverno carioca

E, mesmo depois de tantos posts falando sobre o Rio, não tinha nenhum explicando essas pequenas coisas tão importantes que podem definir sua viagem.


Booking.com

PARA LER EM SEGUIDA

Como encontrar passagens aéreas baratas

Tudo para sua viagem

O Museu do Amanhã

Bem ao ar livre: O Boulevard Olímpico no Rio de Janeiro

Ilha Grande: Onde fica, quando ir, como chegar e mais

Rio de Janeiro: 9 melhores lugares para assistir o pôr do sol

Rio de Janeiro: com chuva

QUANDO IR

O Rio de Janeiro tem um clima incrível, é calor o ano inteiro e a praia ta ali para ser curtida também.

Aliás, o Rio tem quase 80 praias. Porém, infelizmente, a maioria delas são impróprias para banho e você não vai nem querer chegar perto.


Seguros Promo

Das que são próprias (as que se encontram na Zona Sul e Zona Oeste), cada uma tem sua personalidade e merece sua visita. Elas são lindas e merecem todas as citações da música “Do leme ao Ponta” do Tim Maia.

IMG_0989
Um dia de semana no INVERNO carioca

Mas, dependendo do ano, você pode encontrar na mesma praia, praias diferentes. Porque existem épocas de onda, de água mais gelada, de menos calor, de chuva. E existe a exceção de tudo isso, também. Porque o Rio não é para amadores e aqui o “bagulho” é louco.

E o clima, apesar de sempre ser parecido com o que você pensa do que seria o clima do inferno, também muda durante o ano. O verão é bem mais quente que o inverno e bem mais chuvoso também. Isso não quer dizer que só o verão chova. Na realidade, todos os meses chovem no Rio de Janeiro, o que muda é a quantidade de chuva.

O verão chove muito e, na grande maioria das vezes, ao final da tarde. Isso quer dizer que as manhãs você aproveita e muito todos os tipos de passeios, sejam praia, parques, museus.

A temperatura é a mais alta possível. Encontrar um dia de 40º C é normal nos meses de dezembro e janeiro. As noites, depois da chuva, refresca para 26º C de média.

DICA: O alerta é que as chuvas de verão no Rio são muito tensas, a cidade alaga inúmeras vezes e acidentes acontecem com frequência. Por isso, procure um abrigo assim que começar a chover e torça para a cidade não alagar e você não ficar ilhado.

O outono as chuvas param, ficam mais raras, mas acontecem. E quando acontecem, duram o dia inteiro, mas sem força.

A temperatura é uma das preferidas pela grande maioria dos cariocas, porque agrada os que gostam e os que não gostam do calorão. Com temperatura amena, os dias mais quentes são de 32º C e ao final da tarde, sempre há um vento fresco. As noites ficam na faixa dos 24º C.

Dica: É no outono que o céu do rio fica mais limpo e, por isso, mais azul.

O inverno é a época das frente frias no Rio de Janeiro, normalmente chega uma atrás da outra e deixa as temperaturas la embaixo. As chuvas não são tão frequentes quanto no verão e quanto aparecem duram dias. Mas os dias de sol também são frequentes.

DICA: A piada no Rio de Janeiro é que o sol vem durante a semana e a partir de sexta feira, chega uma frente fria e chove.

Não se assuste se um dia fizer 17º C, mas se assuste se encontrar pessoas com casaco de neve, botas e até cachecol. Isso acontece. definitivamente o carioca não sabe lidar com o frio.

DICA: Se você surfa, a melhor época para pegar onda no Rio é entre o final do outono e o inverno. Com muitos swells e até ressacas. 

A primavera que deveria ser um outono, é totalmente diferente. É uma das estações mais malucas do Rio de Janeiro. Em uma semana faz temperatura de inverno e na outra de verão, as vezes no mesmo dia. É a época das maiores amplitudes térmicas. Dias quentes e noite bem frias.

E as chuvas duram uma semana, os céu pode ficar nublado por dias e toda manhã há neblina.

DICA: Se for na primavera deixe um dia livre na programação da viagem e algum dia que não necessita ser ao ar livre ou possa ser feito com o tempo nublado. Assim, você diminui as chances de vir e não pegar um dia de sol no Rio de Janeiro.

IMG_6323
Um dia de verão na Praia Vermelha

Mesmo o Rio de Janeiro sendo propício para viajar o ano inteiro, já que não faltará o que fazer e o que substituir, as épocas do ano também dividem os estilos de viagens.

O verão inteiro é alta temporada (Dezembro até começo de Março) no Rio de Janeiro. Coincide com a maioria das férias e também com as principais festividades da cidade. Mas também é o momento mais mágico. O momento em que a cidade vira a capital do mundo, recebe milhares de turistas, tem festas incríveis e o carioca está mais disposto a viver a vida diurna e a noturna.

Alta temporada = altos preços

O final do ano é especial pela festa de Réveillon em Copacabana, que leva 3 milhões de pessoas  na praia e mais outros milhões nos outros pontos de queima de fogos. A festa é gratuita.

Porém, os preços sobem e muito nesse período.

Logo após a virada do ano, começam os preparativos para o Carnaval. A cidade entra em clima de festa assim que as chaves são entregues para o Rei Momo.

Ai existe a época de pré carnaval e a do carnaval e há a época do pós carnaval.

É a melhor época para festejar na cidade, mas a pior para turistar, já que os principais pontos turísticos (tirando o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor) estão lotados e cheios de bloquinhos.

3847B06B-2D64-4CCB-A32D-8D050251D440

Então se você não quer aproveitar um dos melhores (se não o melhor) Carnaval do Brasil, não venha em fevereiro. Sim, o mês inteiro, porque como eu disse, o pré e o pós Carnaval também lotam.

De março até maio a cidade fica mais vazia, até nos feriados, já que os cariocas viajam para as cidades do estado. Então é o momento certo e dos menores preços para quem quer turistar pela cidade.

Junho e julho a cidade transborda festas juninas, e é um ótimo momento para conhecer a Feira de São Cristóvão e curtir a festa. Os preços sobem um pouco, mas não como no verão, por conta das férias escolares.

Agosto até novembro é outros meses de baixa temporada no Rio, e se tiver tempo de sobra, é a época perfeita para visitar a cidade e as cidades vizinhas.

Mas agora que eu escolhi a melhor época para visitar a cidade, onde eu posso me hospedar?

ONDE FICAR

Essa pergunta não é tão difícil de responder assim, já que a maioria dos hoteis, hostels e pousadas ficam nesses bairros. A diferença é o seu estilo de viagem e ai que as dicas de uma carioca legítima entra.


Booking.com

PARA CURTIR A CIDADE COM MUITO

Se o seu estilo de viagem é mais sossegada, com um hotel bem renomado e a noite carioca não é exatamente parte do seu roteiro exstem alguns bairros menos agitados e mais feitos para esse estilo.

Provavelmente, você vai preferir um hotel ou uma pousada, então também está disposto a pagar um pouco a mais por isso.

  • Barra da Tijuca:

É um bairro relativamente novo e também com uma certa vida noturna, mas enclausurada em boates com ingressos caríssimos ou os bares na Avenida Olegário Maciel.

Tirando isso, o bairro é de hotéis luxuosos, porém com preços mais atrativos do que os bairros de Ipanema e Copacabana.

Se preferir se locomover de maneira rápida, utilize o BRT e o novo Metrô Jardim Oceânico. Em poucos minutos você está nos principais bairros turísticos do Rio de Janeiro.

  • Copacabana:

O bairro mais famoso do Rio de Janeiro é o bairro com os hotéis mais luxuosos. E com certeza é o bairro de maior quantidade de hospedagem do Rio também.

Pela quantidade, o bairro também conta com alguns hostels e muitos apartamentos para alugar. A faixa de preço no bairro varia muito.

Tirando a região da praia, o bairro é bastante tranquilo e muitas vezes sem vida noturna nenhuma.

O bairro conta com 3 metrôs e uma frota de ônibus que atinge o Rio de Janeiro inteiro.

  • Ipanema:

O bairro é outro queridinho dos viajantes do Rio de Janeiro. Com um ar mais jovem que Copacabana, o bairro conta com muitos restaurantes e bares. Os hostels do bairro também são bem famosos, o que colocam também como opção de quem quer gastar pouco.


O bairro conta com 2 metrôs e sua praia, junto com a do Arpoador, é uma das mais famosas. Quem nunca escutou a música “Garota de Ipanema”, não é mesmo?

MELHORES BAIRROS PARA GASTAR POUCO E/ OU COM AGITO

  • Botafogo:

O bairro de Botafogo nos últimos anos vem ganhando força como atrativo turístico e não é só por ser ao lado do bairro da Urca ou fazer parte do Aterro do Flamengo.

O bairro ganhou vida noturna como polo gastronômico e hoje é um dos principais pontos no Rio de Janeiro. A rua Voluntários da Pátria, Sorocaba, General Polidoro, a Cobal do Humaitá e redondezas ganharam bares, restaurantes, botecos que nas noites cariocas enchem.

Com esse ar boêmio e jovem, os números de hostels aflorou. Não é muito difícil achar um hostel caminhando pelas ruas do bairro.

O interessante é ele estar próximo das principais praias, Copacabana e Ipanema, ter saída para a Lagoa Rodrigues de Freitas com o micro-bairro Humaitá e ser a alguns minutos do centro da cidade, ou a 4 estações de metrô.

  • Centro da Cidade:

Ficar hospedado no centro da cidade é gostar de agito por 24 horas. De manhã com o corre – corre dos trabalhadores no centro e de noite é com os bares, casas noturnas e festas nas ruas.

Por ser uma região, por vezes, tida como boêmia demais e com poucos prédios residenciais, o centro da cidade possuem os melhores preços tanto em hostels como em hotéis.

  • Santa Teresa:

Santa Teresa é um dos bairros mais charmosos do Rio, mas é para quem tem fôlego de subir ladeira.

O bairro que tem ares do início do século XX, conta com inúmeros bares de comidas tipicamente cariocas e com algumas festas de rua famosas que acontecem aos finais de semana.

Além de parques gratuitos e com uma vista de tirar o fôlego.

É um bairro que não conta com metrô, porém há frota de ônibus. Porém, não é central e com alguma dificuldade de locomoção.

  • Flamengo/ Catete:

Os bairros possuem preços acessíveis e hotéis que oferecem comodidades de hotéis caros. A vida noturna não é tão animada como as dos bairros vizinhos, mas possuem bons restaurantes e bares. No bairro no Flamengo há a praça São Salvador que sempre rola um movimento, principalmente, aos finais de semana.

Os bairros contam com metrô e estão localizados relativamente próximos ao Cristo Redentor, que fica no Santo Cristo.

IMG_7119
Mirante Dona Marta e a vista do bairro de Botafogo

E ai, o que você está esperando para vir conhecer a Cidade Maravilhosa? Qual bairro você ficaria? Qual mês você prefere?

Booking.com

IMG_2523

HOSPEDAGEM

Os melhores hotéis e hostels em um só lugar com cancelamento gratuito e um clube de vantagens. Veja sua próxima hospedagem no Booking.com!

AIRBNB

Reserve no Airbnb e tenha desconto de R$ 100,00 na sua primeira reserva e R$49,00 na sua segunda.

SEGURO VIAGEM

O Seguro Viagem é obrigatório em muitos países e recomendado fazer em tantos outros, pesquise o melhor seguro com a SegurosPromo e garanta melhor custo benefício. Desconto de 5% para leitores escrevendo o código: SOSEIVIAJAR5!

PASSAGENS AÉREAS

Pesquise as melhores ofertas de passagens aéreas com a PassagensPromo e tenha a possibilidade de pagar em boleto ou cartão de débito também.

HOSTELS

O melhor site para buscas hostels baratos pelo mundo é o Hostel World!

CHIP DE INTERNET

Não fique sem internet! Conheça o chip de internet da Viagem Conectado e fique conectado em todos os lugares!

INGRESSOS

Fuja das filas nas maiores atrações no mundo adquirindo com antecedência no Get Your Guide.

ALUGUEL DE CARRO

Alugue um carro comparando as melhores locadoras e pague em 12x sem juros com a RentCars! Além de garantir o preço que foi encontrado com a opção de pagar online.

Quer mais descontos em mais promoções, CLIQUE AQUI.

Clique AQUI  e tenha tudo para organizar sua viagem!

Para meu Pinterest (3)

Autor: Paola Groberio

Carioca, 24 anos e estudante de História na Uff. Tenta conciliar sua rotina com viagens sempre que pode, porque não consegue passar um dia sem pensar em viajar. Quando consegue, pega sua mochila e parte por aí para passar por perrengues e ter as melhores experiências possíveis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s