Paraty: porque conhecer e sua história

Recentemente, uma notícia se espalhou por todos os jornais no Brasil:

Booking.com

Paraty, Ilha Grande e toda a região da serra da Bocaina foram consideradas e reconhecidas como PATRIMÔNIO CULTURAL E NATURAL DO MUNDO pela Unesco.

img_6245.jpg

E ai, quem nunca tinha ouvido falar em Paraty deve ter se perguntado: Por que Paraty, o que ela tem de especial?

A cidade foi fundada em 1667 em torno à Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, ainda em pé e a principal igreja.


Seguros Promo

Os anos de 1660, no mundo.

  • O padre Antônio Vieira era o principal pregador no Brasil e jesuíta.
  • O Brasil Holandês tinha acabado de ser “devolvido” para o domínio de Portugal.
  • A economia brasileira era basicamente açucareira, mas estava a apenas alguns anos para se tornar o ouro. Já havia muitas campanhas bandeirantes.
  • Robert Hooke identifica as células observando ao microscópio um pedaço de cortiça.
  • Apenas no ano de 1668, Portugal, põe fim há 28 anos da Guerra de Restauração, que assegurou a separação total com Castela.
  • O alquimista Henning Brand descobre o fósforo (um novo elemento químico).
  • Em 1669, há a fundação do Forte de São José da Barra do Rio Negro, pelos portugueses, que mais tarde se tornaria a cidade de Manaus.
  • O Rio de Janeiro ainda não era capital da Colonia, era Salvador, a cidade só se torna capital em 1763.

A região teve grande importância econômica devido aos engenhos de cana-de-açúcar (chegou a ter mais de 250), sendo considerada sinônimo de boa aguardente e ganha fama e prêmios até hoje.

Já no século XVIII, depois da descoberta do outro em Minas Gerais, destacou-se como importante porto de escoamento de ouro e pedras preciosas que embarcavam para Portugal.

Hoje o caminho que levavam o ouro é chamado de Caminho Velho do Ouro ou Caminho Velho Real.

Se é Velho foi porque fizeram um novo. E com a construção de um novo caminho da Estrada Real, desembocando diretamente no Rio de Janeiro , levou a cidade a um grande isolamento econômico.

Por que construíram um novo?

O Caminho Velho ia de Paraty a Vila Rica (atual Ouro Preto). A partir da descoberta de ouro na região das Minas Gerais, em fins do século XVII, esse caminho transformou-se na rota preferida para atingir-se a região das Minas Gerais, assim como para o escoamento de ouro, que era transportado por mar de Paraty para o Rio de Janeiro, de onde embarcava para Portugal. Esta via estendia-se por mais de 1.200 quilômetros, que eram percorridos em cerca de 95 dias de viagem.

Fonte: WIKIPEDIA

Além da longa jornada de quase 100 dias de viagens, podendo sofrer assaltos até Paraty, o ouro muitas vezes era pirateado no caminho de barco entre Paraty e Rio de Janeiro. Não tinham tanto controle assim.

E então,  no início do século XVIII, como alternativa ao Caminho Velho, para evitar a rota marítima entre Paraty e o Rio de Janeiro, foi construído o Caminho Novo. Ele ia do fundo da baía de Guanabara (Para ser mais precisa: Nova Iguaçu) até encontrar o Caminho Velho, em Ouro Branco e seguir até Ouro Preto (Vila Rica).

A cidade no ciclo do ouro

Nesses anos do ouro no Brasil, a cidade foi bastante povoada e frequentada. Ela era, mesmo depois do caminho novo, uma alternativa para adentrar no centro do Brasil, passando por Minas Gerais.

Com essa movimentação, uma forte rede comercial e monetária, a cidade prosperou em comércios, moradores ilustres e abastados e todos os tipos de gentis. Prostitutas, Mascates, Forros, pessoas querendo enriquecer e etc…

Com o ouro do Brasil ficando escasso, a cidade perdeu sua importância e ganhou ares de interior, apenas restando alguns moradores que mantinham o comércio de escravos com as fazendas de cana-de-açúcar restantes.

Século XIX

Porém, a economia do Brasil, em sua história, foi cíclica. Com a baixa do ouro, outra economia ia surgindo, em outra região brasileira: o café.

O Vale do Paraíba era a mais importante e principal região produtora de café, e Paraty era o porto mais próximo para embarque das sacas de café que seguiriam para a Europa.

A vinda da Família Real Portuguesa juntamente como toda a corte para o Brasil no ano de 1808 também beneficiou a economia de Paraty, pois a aumentou a demanda de bens de consumo.

Ao lado do antigo Caminho do Ouro, foi aberto um novo caminho pavimentado com pedras por onde passavam os tropeiros, e levavam ate o Vale do Paraíba.

Nas casas do centro da cidade, a arquitetura era predominantemente de lojas e armazéns, tendo estas portas no lugar de janelas. A mesma arquitetura de sobrados que podemos observar em Ouro Preto e no Centro Antigo do Rio de Janeiro.

Muitos sobrados tinham comércio no pavimento térreo, e o andar superior destinado á moradia dos proprietários.

Paraty e Angra, também foram muito usados como rota de tráfico de escravos e desembarque por navios negreiros, quando o tráfico já estava proibido.

A Maçonaria dos senhores ricos teve uma forte influência na arquitetura local.

É possível distinguir os símbolos maçônicos em muitos sobrados, nas ruas.img_6233.jpg

Os mais característicos são os três cunhais (colunas) em cantaria (pedra lavrada), formando um triângulo, símbolo maçônico.

Porém, com a chegada das tecnologias vindas da segunda revolução industrial e a tentativa de modernizar o Brasil e torna-lo industrializado, Paraty caiu em decadência em meados de 1870.

Principalmente com a construção das ferrovias na região até a cidade do Rio de Janeiro, que já era capital colonial desde 1763 e agora era Capital do Império.

A abolição da escravidão no Brasil foi o ponto final da cidade, que ficou praticamente abandonada até os anos 80 do século XX.

Paraty torna-se conhecida pela beleza arquitetônica e atrai o turismo nacional e internacional. Muitas casas são transformadas em pousadas e hotéis tranquilos, com características próprias.

img_6207.jpg

Devido ao ótimo estado de conservação arquitetônico, das belezas naturais das praias, da floresta intocada e da cultura local, a cidade passou a ser um santuário.

E hoje é um dos locais mais procurados no estado do Rio de Janeiro.

Eu falo sobre o centro histórico AQUI.

Eu falo sobre o que fazer AQUI.

Eu falo sobre como chegar AQUI.

Seguros Promo

E ai, já conhece o esse paraíso? Tem alguma dúvida? Deixe seu comentário.

Procura por uma hospedagem? Pelo Booking você ganha R$ 50,00 de desconto clicando no Código promocional Booking.com

Quer mais descontos em mais promoções, CLIQUE AQUI.

Booking.com

Anúncios

Autor: Paola Groberio

Carioca, 24 anos e estudante de História na Uff. Tenta conciliar sua rotina com viagens sempre que pode, porque não consegue passar um dia sem pensar em viajar. Quando consegue, pega sua mochila e parte por aí para passar por perrengues e ter as melhores experiências possíveis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s