Rio de Janeiro: com chuva

“Cariocas não gostam de dias nublados”… e nem chuvosos.

1_luciano_belford_05_02_2018__00177-5746184
Rio de Janeiro com chuva – Imagem da Internet AQUI.

Que o Rio de Janeiro é uma cidade feita para se viver ao ar livre, isso já é sabido. São inúmeros parques, praças, mirantes e até a vida noturna é ao ar livre, como a Lapa e a Pedra do Sal.

O carioca ama ficar com o céu estrelado como teto, ou aquele sol de rachar como desculpa para uma praia ou uma caminhada.

Porém, o Rio de Janeiro tem seus dias chuvosos. E muitas vezes acontece de chover logo no período que você vem passear na cidade.


Booking.com

E ai? A viagem acabou?

Claro que não! Existem pontos turísticos imperdíveis e que você não vai se molhar, de maneira nenhuma. A não ser que no caminho você pise em uma poça!

  • Conheça os museus

O Rio de Janeiro não é famoso pelos seus museus ou não é a primeira coisa que você pensa quando alguém te pergunta sobre o Rio (talvez o museu do Amanhã).

Porém, eles são tão importantes que alguns estão entre os melhores do Brasil e do mundo.

Ir a um museu no Rio de Janeiro deveria ser algo imperdível, mas infelizmente muitos não vão ou nem sabem os museus que existem.

Então, junte o dia de chuva com o fator “conhecendo lugares que não sabia que existia”.

Vou citar apenas alguns, porque os museus são incontáveis.

MUSEU DO AMANHÃ

Museu do Amanhã
Museu do Amanhã o Rio de Janeiro

Inaugurado em 2015, o Museu do Amanhã é o mais novo museu que a cidade maravilhosa ganhou. E acredite, já é o mais visitado desde então.

Eu falo do Museu do Amanhã AQUI.

O museu funciona de terça a domingo, as segundas é fechado. De quarta a domingo o ingresso custa R$ 20,00, e, às terças a entrada é gratuita.

O horário de funcionamento é das 10 horas da manhã até as 18 da tarde (a entrada se encerra as 17 horas)

O museu também conta com um bilhete único de visitação entre ele e o MAR. O custo é de R$ 32,00 a inteira e R$ 16,00 a meia.

MUSEU DE BELAS ARTES

Um museu do lado do Theatro Municipal que possui um dos melhores acervos de arte brasileira!

62059147_sc-rio-de-janeiro-rj-29-01-2014fachada-do-mnbamuseu-nacional-de-belas-artes-na-esquin
Imagem da Internet – O Globo

O Museu de Belas Artes nasceu em 1937 e conta com exposições que vão desde pinturas brasileiras dos séculos XIX até os dias atuais, fotografias históricas, esculturas estrangeiras e uma sessão de pinturas africanas.

Todos aqueles quadros que você vê em livros, na escola, na história e conhece desde criança estão expostos nesse museu.

Além de exposições extras sempre importantes e marcantes para todo o Brasil. Sempre vale entrar no site do museu e ver quais exposições temporárias estarão na data da sua visita.

Dentre as obras expostas de Vítor Meireles, Pedro Américo, José Correia de Lima, Rodolfo Amoedo, Belmiro de Almeida, Modesto Brocos e outros mais…

Eu falo sobre o Museu de Belas Artes AQUI.

Terça a sexta-feira das 10 às 18hs;
Sábados, domingos e feriados das 13 às 18 horas.

O valor da inteira é R$ 8,00, meia entrada R$ 4,00. Existe o sistema de ingresso família (para até 4 membros de uma mesma família) a R$ 8,00. Disponibilizamos audioguias: R$ 8,00.

Aos domingos o museu é gratuito.

MUSEU HISTÓRICO NACIONAL

rio_museu_historico_nacionalA_16.jpg
Imagem da Internet AQUI.

Numa ponta que avançava sobre o mar, posteriormente conhecida como Ponta do Calabouço, entre as praias de Piaçaba e Santa Luzia, no centro histórico do Rio de Janeiro, os portugueses construíram em 1603 a Fortaleza de Santiago, origem do conjunto arquitetônico que hoje abriga o Museu Histórico Nacional.

Fonte: MHN

É um museu completamente dedicado a história do Brasil, desde a pré colonização até a contemporaneidade, passando por todos os períodos de forma sucinta e bem explorada. Existe, em 9.000m² de área aberta ao público, galerias de exposições de longa duração e temporárias, além da Biblioteca especializada em História do Brasil, História da Arte, Museologia e Moda.

Conta com com cerca de 170 mil itens, é formado por coleções de objetos que datam desde a Antiguidade até os dias atuais e é um dois mais importantes museus do Brasil.

Funcionamento:

Terça a Sexta-feira das 10h às 17h30
Sábados, Domingos e Feriados das 13h às 17h

Ingressos:

Inteira: R$ 10,00
Meia⁻entrada:R$ 5,00

Aos domingos a entrada é franca.

MAR – MUSEU DE ARTE DO RIO

museu-de-arte-do-rio-mar-7558.jpg
Imagem da Internet AQUI.

O Museu de Arte do Rio promove uma leitura transversal da história da cidade, seu tecido social, sua vida simbólica, conflitos, contradições, desafios e expectativas sociais. Suas exposições unem dimensões históricas e contemporâneas da arte por meio de mostras de longa e curta duração, de âmbito nacional e internacional.

Fonte: MAR

Hoje, o museu conta com quase 8 mil itens museológicos. É a primeira coleção de arte concebida para o município do Rio de Janeiro, que conta com esculturas de Aleijadinho e obras de Tarsila do Amaral, Guignard, Pancetti, entre outros.

Valor do Ingresso

Geral: R$ 20,00
Meia-entrada: R$ 10,00

As terças o MAR é gratuito.

Horário de funcionamento

Terça-feira: 10h às 19h

Quarta a domingo: 10h às 17h

MAM – MUSEU DE ARTE MODERNA

mam-rj.jpg
Imagem da Internet AQUI.

O edifício, onde funciona desde 1958, foi projetado por Affonso Eduardo Reidy com jardins assinados por Roberto Burle Marx, e é reconhecido internacionalmente como um marco da arquitetura moderna no Brasil.

Fonte: MAM

O MAM Rio tem sido um centro de difusão cultural por onde passaram as principais tendências da arte moderna e contemporânea no país, e teve um papel decisivo na formação de mais de uma geração de artistas brasileiros.

Hoje, conta com mais de 6.000 peças de exposição. E o prédio é um marco na arquitetura da cidade.

Terça a sexta:  12h – 18h
Sábado, domingo e feriados: 11h – 18h

Ingresso: R$ 14,00 inteira e R$ 7,00 meia.

As quartas a estrada é gratuita.

MUSEU DA REPÚBLICA

O Palácio do Catete e também Museu da República localiza-se na Rua do Catete n.153, Bairro do Catete.

Jardins-do-museu-republica
Imagem da Internet AQUI.

O Rio de Janeiro foi capital do Brasil por quase 3 séculos. E esse período abrange colônia portuguesa, império e república até a construção de Brasília.

Como Brasília tem o palácio da alvorada, que agora é a residência oficial dos chefes de estado brasileiro, no Rio de Janeiro tínhamos o Palácio do Catete.

Se quer um dos marcos do museu, além da ocupação de todos os presidentes até 1958, foi nele que Getúlio Vargas se suicidou em 1954.

Além de enormes salões, onde eram realizados saraus e grandes bailes frequentados pelas famílias mais abastadas do Brasil. No museu, existe os aposentos, uma série documental dos presidentes, relíquias e um acervo de Getúlio Vargas, incluindo seu pijama da noite do suicídio.

O jardim é uma delicia!

Horário de funcionamento:

Terça a Sexta das 10:00 às 17:00

Sábado e Domingo das 11:00 às 18:00

Preço: R$ 6,00 inteira e R$ 3,00 meia.

O jardim tem livre acesso.

  • Vá a um Centro Cultural gratuito

CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL

IMG_5608

É uma galeria de arte que sempre recebe as principais exposições do Brasil e do Mundo. Sempre de forma gratuita e localizada em um dos prédios históricos ao lado da Igreja da Candelária.

O CCBB está aberto ao público de quarta a segunda (fecha na terça), das 9 às 21 horas.

CASA FRANÇA BRASIL

cfb_arquitetura_(19).jpg
Imagem da Internet AQUI.

 Encomendado em 1819 por D. João VI à Grandjean de Montigny, arquiteto da Missão Artística Francesa, a obra em si é um documento histórico importante. Trata-se do primeiro registro do estilo neoclássico no Rio de Janeiro, tendência que viria então a popularizar-se, dando à cidade marcada por suas casas coloniais um tom mais cosmopolita, à moda europeia.

No dia 13 de maio de 1820, o edifício foi inaugurado como a primeira Praça do Comércio do Rio de Janeiro, cidade sede do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves. Apenas quatro anos mais tarde, já no contexto do Brasil independente de Portugal, foi transformado por D. Pedro I em Alfândega, função que exerceria até 1944.

Fonte: Casa Franã Brasil

Terça a sábado, das 10h às 20h
Domingo, das 10h às 19h

Entrada gratuita

CENTRO CULTURAL DOS CORREIOS

centro-cultural-correios.jpg
Imagem da Internet AQUI.

O Centro Cultural Correios Rio de Janeiro está localizado na Rua Visconde de Itaboraí, 20, no centro da cidade. Integra o Corredor Cultural, tendo como vizinhos a Casa França Brasil, ao lado, e o Centro Cultural do Banco do Brasil.

O imóvel foi inaugurado em 1922. As linhas arquitetônicas da fachada, em estilo eclético, caracterizam o prédio do início do século, construído para sediar uma escola do Lloyd Brasileiro. Mas isto não ocorreu e o prédio foi utilizado, por mais de 50 anos, para funcionamento de unidades administrativas e operacionais dos Correios.

Fonte: CCC

Funcionamento:
O Centro Cultural Correios recebe visitantes de terça-feira a domingo, das 12 às 19h.
Entrada franca.

  • Tomé um café delicioso

Você pode optar por fazer um lanchinho, aproveitar o friozinho e curtir outro lado que todo carioca faz: frequentar café!

No Rio existe a confeitaria fundada no início do século XX.

CONFEITARIA COLOMBO

Confeitaria Colombo
Confeitaria Colombo – Entrada

Para os amantes de história e gastronomia, em suas andanças pelo Rio de Janeiro, não podem deixar de visitar a Confeitaria Colombo.

Fundada em 1894, desde sua fundação recebeu clientes célebres. Os salões são de 1912 e guardaram o ar de Belle Époque do Rio de Janeiro, que naquela época, pretendia ser nada menos que a Paris dos Trópicos.

Eu falo da Confeitaria Colombo AQUI.

A confeitaria funciona de segunda à sábado das 08 horas às 18 horas, variando de acordo com o andar da confeitaria.

O endereço é:

Rua Gonçalves Dias, 32 • Centro • Rio de Janeiro

Além desse endereço no Centro do Rio, a confeitaria conta com filiais (atuais) no Forte de Copacabana, no CCBB e no Galeão;

  • Vá na Feira de Tradições Nordestinas ou algum evento gastronômico

Um lugar para toda família e com muito entretenimento, a Feira de São Cristóvão está localizada no bairro de São Cristóvão, um dos bairros centrais e históricos da Cidade Maravilhosa. É o mesmo bairro da Quinta da Boa Vista, o jardim zoológico e do prédio do antigo Museu Nacional.

Existe a possibilidade de você chegar 12:00 e sair 03:00 da manhã querendo mais. Também existe a possibilidade de gastar orçamento da viagem inteiro lá.

É um local muito querido pelos cariocas, que sempre lotam nos horários de almoço e nas sextas e sábados para os bares com Karaokê. Se você está solteiro e a lapa na chuva te impossibilita, a feira é a pedida.

Existem algumas épocas que a cidade recebe feiras gastronômicas ou eventos que movimentam a cidade. Como as festas juninas, Rio gastronomia, Mundial de la Biere e o que mais aparecer.
E ai? Alguma coisa faltou de um Rio de Janeiro com chuva? Comente aqui!

Procura por uma hospedagem? Pelo Booking você ganha R$ 50,00 de desconto clicando no Código promocional Booking.com

Quer mais descontos em mais promoções, CLIQUE AQUI.


Booking.com

 

Autor: Paola Groberio

Carioca, 24 anos e estudante de História na Uff. Tenta conciliar sua rotina com viagens sempre que pode, porque não consegue passar um dia sem pensar em viajar. Quando consegue, pega sua mochila e parte por aí para passar por perrengues e ter as melhores experiências possíveis.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s